::_Home
::_Quem somos
::_Serviços
::_Embarque
::_Dicas
::_Tempo
::_Links
::_Contato
::_English site

CUIDADOS DO EMBARQUE

Tamanho apropriado do canil/gatil de viagem:

O animal precisa ficar de pé dentro do contenedor e conseguir dar uma volta em torno de si. A Cia aérea pode se recusar a autorizar o embarque se o animal não estiver apropriadamente acondicionado.
Os contenedores precisar possuir recipientes para água e ração


Etiquetas:

São fornecidas pela companhia aérea e devem ser preenchidas com os dados do exportador e do consignatário, incluindo endereço e telefone de contato.
Além disso devem ser afixadas nos contenedores etiquetas que indiquem que são contenedores de carga viva.


Certificado Zoosanitário Internacional:

O original deve ser anexado ao conhecimento aéreo (AWB).
Ë aconselhável afixar uma cópia do documento no contenedor

Nos embarques para os Estados Unidos, principalmente, deve-se apresentar uma declaração do veterinário atestando as temperaturas mínimas e máximas em que o animal pode ser embarcado.


Embargo:

Em geral as companhias aéreas americanas tem embargo no período de 15/05 à 15/09, e neste período normalmente não aceitam embarque de carga viva para os Estados Unidos. É conveniente checar com as companhias aéreas a validade do embargo.


Antes da Viagem:

Os animais normalmente são sensíveis a mudança.
Tente manter a rotina do animal o mais normal possível. Mantenha os horários de alimentação e exercício. De preferência adquira o canil de viagem com alguma antecedência para que o animal já se acostume com ele. Colocar dentro do canil algum objeto que a animal goste (bichinho, cobertor, osso, etc) faz com que ele associe o canil com coisas boas e isto certamente ajudará na adaptação, ou seja, ele não vai estranhar tanto na hora em que precisar ser transportado dentro do canil.
Deixar a porta do contenedor aberta durante o período de adaptação também é recomendável

Na Hora do Embarque:

Sua postura na hora de colocar o animal dentro do canil para início do transporte internacional é muito importante para o animal. Assim, mantenha-se calmo e bem humorado. Uma despedida muito emocionante e demorada não é uma boa idéia.
Na chegada a nova residência, tente voltar a rotina do animal o mais breve possível. Ofereça logo ao chegar água e comida, porém não estranhe se ele não tiver apetite. Isto é normal e logo ele vai se alimentar normalmente.

Com relação aos gatos, também é recomendável que ele se acostume com o gatil em que vai viajar. Não deixe para colocá-lo dentro do contenedor de viagem em cima da hora. Os gatos normalmente “tiram férias” e desaparecem justamente antes do transporte. Portanto recomendamos deixar que animal pernoite dentro de um cômodo fechado na noite anterior a da viagem.

Na chegada a nova residência, somente solte o gato depois que tiver certificado que todas as portas e janelas estão fechadas. O gato tem instinto de fugir, imediatamente após um período de confinamento.